Translate

domingo, 1 de janeiro de 2017

Fé: uma questão pessoal

fé e magia
Vamos iniciar 2017 falando de fé.

Quero deixar claro para você que acompanha o blog que eu pratico a Magia;  NÃO SOU Wiccana. Seguir a  Wicca (que é uma religião neo-pagã) seria conflitante com alguns aspectos da minha fé, que é bem eclética, diga-se de passagem. 

Para começar eu gosto do Mestre Jesus. Não estou falando aqui do filho de Deus e das coisas bíblicas, isso não me interessa muito. O que me importa é a mensagem que ele deixou e que é bem simples: "amar uns aos outros". Isso para mim é algo básico. Acho bacana, fala fundo ao meu coração. E como uso a Magia para coisas positivas amar ao próximo, naturalmente, faz parte daquilo que busco praticar na minha vida.

Então, assim como creio no Mestre Jesus, creio na Deusa Durga, creio nos Elementais, creio em Anjos, creio na energia dos cristais... Acredito no que dizem minhas cartas de Tarot e de Baralho Cigano... Estudei e sei que a Astrologia bem feita é coisa séria. O Maha Mantra me acalma. Creio na dualidade: há sempre dois lados e cabe a cada um decidir para qual lado vai pender usando o livre-arbítrio que nos é concedido, sempre consciente de que nossas escolhas trarão consequências. Creio na força da Natureza e em mais um monte de Energias e Seres de Luz. Tenho comigo meus queridos Mentores e Guias Espirituais que me orientam, minha amada Cigana que me dá a visão e meu grande amigo Tupyara que tantas vezes já intercedeu por minha saúde.

Acima de tudo, eu creio em Deus. E Deus para mim, não é homem nem mulher. Deus é Tudo, Deus é o Todo, Deus é a energia que mantém o Universo Infinito em ordem; é a menor partícula e ao mesmo tempo aquilo tão grande que não há como medir. Deus cria, transforma e também destrói. Deus é. 

Enfim... Isso tudo e algo mais: assim é a minha fé.
E a sua, como é?


escrito por Nina Drabardi


   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...