Translate

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Sinais de desequilíbrio dos Chakras

sinais de desequilíbrio dos chakras



Os chakras servem como receptores de todas as vibrações de energia e informações que ultrapassam a esfera física. Eles também irradiam energias diretamente no meio ambiente, alterando, desse modo, a atmosfera ao nosso redor. 

Através deles, podemos emitir vibrações de cura, bem como mensagens conscientes ou inconscientes, e influenciar pessoas, situações e até a matéria, tanto no sentido positivo como no negativo. 

Não existe um ponto do corpo que não tenha um órgão sensível para a recepção, transformação e transmissão de energias. São encontrados 88 mil chakras, mas somente sete deles são popularmente conhecidos e considerados principais. Eles se encontram ao longo de um eixo vertical, na parte dianteira do tronco, e são tão decisivos para o funcionamento das regiões fundamentais e mais importantes do corpo, da mente e da alma do homem que devem ser trabalhados individualmente.

Quando esses centros de energia sutil estão desequilibrados necessário se faz alinhá-los. Abaixo, alguns sinais que podem indicar a necessidade de reequilibrar os chakras.


Chakra Básico:
Quando está em desequilíbrio, pode gerar insegurança, falta de “gana”, atitudes mais violentas, ganância ou fúria. A pessoa ainda apresenta uma demasiada preocupação com a própria sobrevivência, tensão, o “viver para ter”.


Chakra Umbilical ou Sacro:
Quando este Chakra está em desequilíbrio pode gerar dificuldades sexuais, ausência de objetivos, sentimento de impotência, confusão, ciúme, inveja ou desejo de possuir. Impacta diretamente no desejo e na vontade de viver, alcançar outros patamares, enfrentar desafios e viver o presente.


Chakra Plexo Solar:
Quando o Plexo Solar está com excesso energético pode gerar egoísmo, egocentrismo, fúria, medo, ódio e dificuldade em assimilar/digerir. E quando está com baixa energia, a pessoa fica apática, sem força de vontade e insatisfeita.


Chakra Cardíaco:
Quando o Chakra Cardíaco se mostra em desequilíbrio, pode gerar repressão do amor, instabilidade emocional, sensação de opressão e/ou peso no peito.


Chakra Laríngeo:
Percebemos que o Chakra Laríngeo está em desequilíbrio quando apresentamos problemas na comunicação – geralmente a falta dela – o uso insensato do conhecimento e a falta de discernimento. Nesse caso, a pessoa pode falar demais ou dizer bobagens por querer esconder o que sente. Num outro extremo, pode tender a falar pouco e “engolir sapos”.


Chakra Frontal:
Quando em desequilíbrio, pode desencadear falta de concentração, medo, cinismo, tensão, pesadelos, e excesso ou falta de sono. Também é recorrente ter um acúmulo de pensamentos.


Chakra Coronário:
Percebemos o Chakra Coronário em desequilíbrio quando apresentamos falta de inspiração, confusão, tristeza relacionada à falta de esperança, alienação ou hesitação em servir ao bem comum.


    

Fonte de pesquisa: Deepak Chopra e Amit Goswami.


    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...